Dicas para não cair em golpe de falsos vendedores na internet

A chegada da internet abriu uma infinidade de portas para os consumidores e vendedores no mundo todo. Graças à grande rede, fazer negociações e concretizar compras se tornaram ações corriqueiras e fáceis de realizar. Por isso é sempre bom estar de olhos abertos as dicas para não cair em golpes.

Para quem trabalha com moda feminina, por exemplo, e busca novos fornecedores, em poucos minutos, dá para encontrar um novo fornecedor, escolher os produtos, realizar o cadastro, efetuar o pagamento e pronto. É só esperar o o pedido chegar.

No entanto, nem tudo são flores quando o assunto são compras na internet. Não faltam casos de pessoas que já foram enganadas por lojas online fraudulentas, vendedores desonestos, produtos em desacordo com o anunciado, roubo de dados bancários e muitos outros casos que infelizmente também marcam essa era da internet.

A internet vive um momento onde qualquer descuido pode ser fatal, a segurança de seus dados e seu dinheiro constantemente estão em jogo.

Muitos dos golpes aplicados na internet podem ser considerados crimes contra o patrimônio, tipificados como estelionato (sim! quem aplica esses tipos de golpes são enquadrados como estelionatários), mas muitas pessoas pessoas não sabem disso.

Para quem atua no segmento de moda feminina, é comum frequentar fóruns, grupos em redes sociais e estar sempre em busca daquele novo fornecedor com ótimo preço. Mas atenção, o que pode parecer um “tesouro escondido” pode se tornar uma grande dor de cabeça caso você seja vítima de um golpe de falso vendedor.

Então para você não ter este tipo de dor de cabeça, listamos 7 dicas para você não cair em golpes de falsos vendedores e fazer suas compras online com bastante segurança. Vamos lá.

Desconfie de preços muito baixos, diferentes dos praticados no mercado

Você está navegando na internet e vê um anúncio:

CALÇA JEANS POR APENAS R$ 14,90 EM ATACADO. PEDIDO MINIMO 6 PEÇAS.

Sinceridade? Foge, pois é cilada.

Para quem já atua no segmento sabe que este preço é quase impossível para esta quantidade. Então provavelmente é um golpe de um falso vendedor.

Sempre que possível, faça as primeiras compras no cartão de crédito

Utilizar cartão de crédito para transações online é mais seguro, pois qualquer problema que aconteça com seu pedido você pode entrar em contato com a administradora de cartão e cancelar a compra.

As vezes o preço de à vista é melhor, mas por se tratar um novo fornecedor, que você não conhece, é melhor prevenir do que remediar.

Não tem cartão de crédito? Não tem problema! Várias empresas oferecem o sistema de cartão de crédito pré-pago. Com este tipo de cartão basta você realizar uma recarga e pode utilizar o crédito para efetuar transações. Confira aqui como solicitar um cartão pré-pago Visa.

OBS: Nunca passe os dados do cartão por telefone ou mensagens. Também evite enviar foto do cartão para fornecedores desconhecidos.

 

>> Veja também Maquienta de cartão de crédito para quem revende. Conheça 3 opções e escolha a sua.

 

Analise as redes sociais do novo fornecedor

“Mentira tem perna curta”, por isso falsos vendedores utilizam perfis fakes para oferecer seus produtos, pois esses perfis podem ser excluídos a qualquer momento.

Então antes de fechar uma compra faça a análise das redes sociais. Confira se o perfil é antigo (ao menos 6 meses de utilização e postagens contínuas), se possui comentários de outros compradores, veja a avaliação de outras pessoas, confira se tem fotos reais dos produtos oferecidos e etc. Todo cuidado é pouco.

Peça referências em vídeo

Fotos de conversas são muitos fáceis de serem forjadas. Com ajuda de comparsas (ou utilizando apenas photoshop), esses estelionatários criam conversas no whatsapp/facebook simulando um agradecimento de um cliente satisfeito.

Uma forma ideal para pedir referências são vídeos. Peça vídeos de clientes satisfeitos. Pode ser um vídeo de clientes dentro da loja efetuando compras ou vídeos de clientes que receberam mercadoria.

Confirme todas informações passadas

Antes mesmo de começar a separar seu pedido, confirme os dados básicos da loja:

  • Nome da loja (e do vendedor);
  • Endereço da loja;
  • Comprovante de residência do endereço informado;
  • CNPJ da loja (confirme no site da Receita Federal se o CNPJ é valido) caso não possua peça CPF do responsável;
  • No caso de pessoa física peça foto de um documento de identificação (RG/CNH).

Guarde todas essas informações, pois caso ocorra algum problema, você saberá onde e de quem cobrar.

Jogue verde para colher maduro

Encontrou um fornecedor de outro estado, com lindas peças, preços ótimos, ele possui referencias e passou as informações solicitadas. Pronto, é hora de tirar a prova dos nove [ risos rsrsrs]

Pergunte se pode fazer a retirada do seu pedido em mãos. Diga que conhece alguém naquela cidade que pode fazer a retirada pra você e te enviar posteriormente. Com isto, como se diz o ditado “ você está jogando verde”, se o vendedor hesitar ou vier com desculpas que não dá pra retirar em mãos, DESCONFIE!

Caso ele de prontidão diga que não há problemas em fazer a retirada pessoalmente, ok +1 ponto no quesito confiança.

Última dica… Faça uma chamada de vídeo

Ok, você viu que seu novo fornecedor é de confiança e já está decidida para realizar o pagamento.

O vendedor já passou a confirmação que seu pedido está separado, peça a ele uma última coisa, fazer uma chamada de vídeo (o whatsapp e o facebook tem esta funcionalidade).

Nesta vídeo-chamada você vai pedir para ele confirmar e te mostar o seu pedido separado: Cores, tamanhos, quantidade de peças e etc.

Com esta última verificação você poderá ficar mais tranquila e saber que seu pedido está seguindo corretamente.

Conclusão das dicas para não cair em golpes na internet

Essas ações preventivas vai ajudar você a não cair em golpes, mas muitas vezes não é necessário aplicar todas elas se você já conhece a reputação da loja. Atacadistas bastante conhecidos na internet, geralmente entregam todas essas informações previamente, confirmando a idoneidade da empresa e passando confiança para o comprador.

Atacadistas muito grandes às vezes são engessados para conseguir te passar essas informações ou atender as solicitações, pois às vezes você está falando com uma pessoa de atendimento a cliente que fica no escritório e o galpão onde o pedido é separado fica em outro local. Mas como dito, empresas deste porte possuem outras várias formas de confirmar que é uma empresa séria.

Gostou das dicas? Tem alguma sugestão pra fazer? Deixe nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *